Visto para os EUA serão válidos no México

Medida passa a valer a partir do dia 1º de maio
O México permitirá, a partir do próximo dia 1º de maio, o ingresso direto em seu território de qualquer estrangeiro que já possua visto de entrada nos Estados Unidos, segundo informou uma fonte oficial. A responsável pelo INM (Instituto Nacional de Migração), Cecilia Romero, explicou todos os procedimentos da nova medida em uma reunião realizada ontem (12/4) com embaixadores e representantes consulares de 44 países no México.
De acordo com ela, o objetivo é facilitar os trâmites migratórios de estrangeiros e o fluxo turístico.
— Necessitamos ter fronteiras mais abertas, mas, por outro lado, mais seguras, aproveitando as ferramentas tecnológicas que nos permitem agilizar os procedimentos, com respeito à dignidade dos direitos das pessoas que ingressam ou transitam pelo país —, comentou Romero.
Atualmente o México exige visto de entrada para cidadãos de 135 países, entre eles Brasil, Equador, Colômbia, Cuba, República Dominicana, Guatemala, Nicarágua, Honduras, Irã, Iraque, Somália e Ruanda. Por outro lado, não solicita o documento de pessoas nascidas em 93 nações, como Estados Unidos, Canadá, Grã Bretanha, Dinamarca, França, Japão e Cingapura.
Fonte: AGÊNCIA ANSA

Para formulários de visto dos paises, acesse o link abaixo e faça download.
Download de formulários de visto dos paises do blog

2 comentários:

  1. ana cássia freire16 de abril de 2010 22:23

    Olá gostaria de saber se procede esta informação? Pois estamos planejando ir para lá em julho, mas somente eu e meu filho temos visto para os EUA. Se minha mãe revalidar seu visto para os EUA, ela também pode entrar no México sem precisar tirar visto?

    ResponderExcluir
  2. Olá Ana, bom dia
    Realmente esta é uma boa noticia, pelo menos alivia em alguma coisa, passar duas vezes pela mesma dificuldade (consulado americano e consulado mexicano) é demais. A partir de 1º de maio de 2010 as vistos americanos serão validos para entrar no méxico também.
    Boa sorte pra voce.

    Att:Cori Passos

    ResponderExcluir